Beleza Minha
SAÚDE E BELEZA

 

Colágeno: emagrece, deixa a pele firme e protege os ossos

Saiba como tirar proveito dos inúmeros benefícios dessa substância

O sucesso do colágeno hidrolisado não é de hoje. Há pelo menos três anos ele conquistou o público feminino com a promessa de firmar a pele e amenizar a fome. De lá para cá, a procura por essa substância – até então encontrada apenas em cápsula, sachê e bala manipulada -, triplicou. E, para acompanhar a demanda, as opções de produtos prontos com colágeno hidrolisado também aumentaram bastante. É só dar uma olhada na prateleira das farmácias e supermercados: além de balas e bombons de diferentes formatos, ele pode ser encontrado em águas aromatizadas, barrinha de cereais e até granola.

E as mulheres, claro, são as maiores consumidoras. Mas será que funciona mesmo? Ainda há poucas pesquisas científicas sobre o assunto, mas a maioria delas afirma que, sim, o colágeno ajuda a combater os quilinhos extras e a adiar o envelhecimento precoce.

O segredo dessa substância está no fato de ser uma proteína que o próprio organismo é capaz de produzir. Uma de suas principais funções é formar as fibras que dão sustentação à pele. Cabelo, unhas, ossos e cartilagens (tecidos que amortecem as articulações) também são beneficiados. Ou seja, ela garante que o corpo funcione bem por dentro e fique bonito por fora.

Confira também: Quer reforçar seu colágeno? Vá de chá de hibisco e vitamina C

Porém, pesquisas mostram que, a partir dos 30 anos, mesmo com uma alimentação balanceada, há uma perda anual em torno de 1%. Dos 50 anos em diante, a queda é bem mais drástica. A produção de colágeno cai para apenas 35%, em média. “O que as mulheres mais sentem é a redução da elasticidade e a hidratação da pele”, alerta a nutricionista Tatiana Pimentel, de Santos (SP). Daí para aparecer rugas, celulite e flacidez é um pulo. É por isso que muitos nutricionistas, nutrólogos e dermatologistas consideram a suplementação com o colágeno hidrolisado importante a partir dos 30 anos e essencial depois dos 50.

Colágeno na dose certa

Extraído do osso e da cartilagem do boi, o colágeno presente nos suplementos deve ser hidrolisado – ou seja, passar pelo processo de hidrólise (quebra pela água das moléculas de proteína) para que possa ser absorvido facilmente pelo organismo. Nesse formato, ele é considerado alimento pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e, portanto, você pode comprá-lo sem prescrição médica.

Mas, para obter os efeitos esperados, precisa acertar na dose. Em uma avaliação da Clínica Medcin Instituto da Pele, em São Paulo, os pesquisadores observaram que o consumo de 5 gramas de colágeno por dia, durante seis meses, foi capaz de melhorar a pele das pacientes entre 35 e 60 anos. Houve um aumento de 5,5% na firmeza e 10% na elasticidade. Mas a maioria dos especialistas recomenda uma dose um pouco maior: de 8 a 10 gramas de colágeno por dia.

Amigo da perda de peso

Quem está na faixa dos 20 pode ficar tranquila: ainda não é hora de aderir a doses extras dessa proteína. Uma dieta caprichada em alimentos que estimulam o organismo a produzir colágeno é suficiente.

CLICANDO AQUI!


Termos de Uso | Politica de Privacidade
By GRPDIGITAL © Todos os Direitos Reservados